13 de agosto de 2008

Michael Phelps, o rei das piscinas!

Sou Michael Phelps desde criancinha. Para mim, não importa se ele, de vez em quando, mostra-se irritado mesmo após ter conseguido uma excelente marca na competição. Ele queria mais.
Ele está errado? É claro que não!
Temos é que acabar com essa hipocrisia de dizer que os EUA “não dão ponto sem nó” e que o atleta americano foi preparado desde pequeno para isso: vencer a todos na piscina. E se foi, qual é o problema?
Pior somos nós, brasileiros, que não temos com o que nos orgulhar em termos de políticas públicas para o esporte.
Qual é o investimento do governo brasileiro no esporte? Nenhum!
Basta entrar em qualquer escola pública dos quatro cantos do país e constataremos que não há espaço, nem mesmo para as aulas de Educação Física.
Devemos, certamente, ter muitos talentos - principalmente pelas dimensões continentais do país - mas que jamais despontarão no cenário esportivo.
Os brasileiros, que brilham nas competições internacionais, foram descobertos por obra do acaso ou por empenho individual e o de suas famílias. E o pior, após conseguirem as suas medalhas, às custas de muito sacrifício, nossos bravos atletas ainda devem dar uma “passadinha” no Palácio do Planalto, para a sessão de fotos com o presidente.
Simplesmente ridículo!
Portanto, quero mais é que Michael bata todos os recordes, ganhe todas as competições, deixe para trás todos os seus adversários e volte para casa, como o maior astro da Olimpíada de Pequim.
Ele merece!

Para admirar os feitos de Michael Phelps, clique
aqui.

Seja o primeiro a comentar!

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Selos

Os mais comentados

Widget UsuárioCompulsivo

Top Comentaristas

Widget UsuárioCompulsivo
Ocorreu um erro neste gadget

  ©PAPOeCIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo