23 de agosto de 2008

Futebol brasileiro e o ouro olímpico

A se confirmar a retirada do futebol masculino dos jogos olímpicos, o Brasil terá de conviver com as piadinhas dos nossos hermanos latino-americanos, que conquistaram pela segunda vez o ouro olímpico.
A pecha de que a seleção olímpica brasileira de futebol sempre amarelou nas olimpíadas ficará engasgada na goela do futebol brasileiro “ad eternun”, já que não teremos mais como apagar essa má impressão. Nunca mais teremos a chance de conquistar o ouro olímpico.
A trajetória da seleção olímpica brasileira em olimpíadas sempre foi um fiasco, mas, pelo menos, desta vez, a equipe brasileira não se negou a subir no pódio para receber a medalha de bronze, como fez em 1996 quando também terminou em terceiro lugar.
E Maradona - que criticou duramente a seleção brasileira – fez questão de cumprimentar Ronaldinho Gaúcho pela medalha de bronze. Será mesmo que foi um cumprimento? Eu, particularmente, não acredito. Acho que, mais uma vez, a intenção do ex-craque argentino foi a de humilhar os nossos atletas, já que após a a premiação afirmou que " o jogo com o Brasil foi o mais fácil".(Leia aqui)
De qualquer modo, se a Olimpíada de Pequim era o mote para salvar a carreira de Dunga na seleção principal e alavancar a de Ronaldinho Gaúcho no futebol mundial, os dois “deram com os burros n’água”.
Melhor assim!

Seja o primeiro a comentar!

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Selos

Os mais comentados

Widget UsuárioCompulsivo

Top Comentaristas

Widget UsuárioCompulsivo
Ocorreu um erro neste gadget

  ©PAPOeCIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo