31 de dezembro de 2011

Feliz 2012

Continue lendo >>

30 de dezembro de 2011

Receita de Ano Novo


Para você ganhar belíssimo Ano Novo 
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, 
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido 
(mal vivido talvez ou sem sentido) 
para você ganhar um ano 
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, 
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; 
novo 
até no coração das coisas menos percebidas 
(a começar pelo seu interior) 
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, 
mas com ele se come, se passeia, 
se ama, se compreende, se trabalha, 
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita, 
não precisa expedir nem receber mensagens 
(planta recebe mensagens? 
passa telegramas?) 
  
Não precisa 
fazer lista de boas intenções 
para arquivá-las na gaveta. 
Não precisa chorar arrependido 
pelas besteiras consumidas 
nem parvamente acreditar 
que por decreto de esperança 
a partir de janeiro as coisas mudem 
e seja tudo claridade, recompensa, 
justiça entre os homens e as nações, 
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, 
direitos respeitados, começando 
pelo direito augusto de viver. 
  
Para ganhar um Ano Novo 
que mereça este nome, 
você, meu caro, tem de merecê-lo, 
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, 
mas tente, experimente, consciente. 
É dentro de você que o Ano Novo 
cochila e espera desde sempre.

Carlos Drummond de Andrade
Imagem:restauranteemsp.com.br

Continue lendo >>

31 de janeiro de 2011

O signo de gêmeos continua o mesmo

Eu sempre tive o maior orgulho de ser nascida a 25 de maio, sob o signo de Gêmeos, e quando li a notícia de que um grupo de astrônomos da Sociedade Planetária de Minnesota, nos Estados Unidos, descobriu que as datas dos signos do Zodíaco estão erradas, quase tive uma síncope. E não podia ser diferente. Depois de passar a minha vida inteira acreditando que os geminianos são pessoas intelectuais, versáteis, inteligentes, afáveis, sensíveis, graciosas, amáveis, estudiosas e possuidoras de tantas outras qualidades igualmente importantes, ter de aceitar essa mudança radical, me deixou bastante insatisfeita.
É óbvio que eu não aceitaria, de imediato, e sem nenhuma contestação, os resultados desse estudo e, pesquisando na Internet, descobri que os astrólogos discordam totalmente dos astrônomos:

“Este novo zodíaco que o astrônomo propõe não tem nada de novo. Ele é chamado pelos astrólogos de zodíaco sideral e se baseia nas constelações e na precessão dos equinócios. O zodíaco que usamos é o zodíaco trópico, e se baseia, astronomicamente falando, nos pontos em que a trajetória do Sol cruza a linha do equador ou, falando de outra forma, se baseia nas estações do ano, onde o início da Primavera no hemisfério norte (Outono no hemisfério sul) corresponde ao início de Áries. No sentido do zodíaco trópico essas mudanças não influenciam. Enquanto houver as quatro estações do ano, vai ser igual” (Amauri Magagna, vice-presidente do Sindicato dos Astrólogos do Estado de São Paulo).

Não entendi quase nada, mas fiquei tão satisfeita com as explicações do astrólogo, que não me incomodo de divulgar o “lado negro” de todo geminiano. Segundo a Astrologia, embora os nascidos sob o signo Gêmeos tenham o pensamento leve e fluído, se utilizado em excesso, origina pessoas dispersas, nervosas mentalmente e de comunicação vaga e descontrolada. Além disso, os geminianos podem ser indecisos, cambiantes e superficiais.
Pesando os prós e os contras do meu signo, ainda acho que o saldo é positivo. Assunto encerrado!

Para saber mais sobre o assunto, clique nos links:



Continue lendo >>

21 de janeiro de 2011

Facebook - a rede social que mais cresce no Brasil



Há alguns anos, eu não podia nem ouvir falar de redes sociais. A palavra Orkut, por exemplo, me dava náuseas. Quando surgiu o Facebook, pensei comigo: mais uma perda de tempo. Uma legião de desocupados, certamente, vai correr para a novidade e encher os bolsos do criador, dos anunciantes e dos patrocinadores.

Mesmo assim, resolvi fazer uma tentativa, mais no embalo do sucesso do então candidato à presidência dos EUA, Barack Obama, nessa rede, do que à cata de novas amizades.

No início, o “Face”, como é carinhosamente chamado, não tinha grandes atrativos, a não ser alguns aplicativos interessantes. Mas, ao longo do tempo foi se modernizando e se tornou muito mais elegante, charmoso, leve, prático e organizado do que o Orkut. O Orkut, por sua vez, na tentativa de se modernizar, perdeu a identidade, ficou confuso e desinteressante.

No “ Face”, além de me comunicar com os meus amigos e familiares, via chat ou mensagens privadas, e me divertir com os diversos jogos disponíveis, promovo os meus blogs e participo de campanhas de protesto ou de solidariedade.

Hoje, posso dizer que “entrar” no Facebook, a rede social que mais cresce no Brasil, já faz parte da minha rotina diária, o que gera certo “ciuminho” no pessoal aqui de casa, que, a propósito, também aderiu a essa febre mundial.

Continue lendo >>

14 de janeiro de 2011

Uma guerra contra a natureza


A frase do título deste post foi dita por Reinaldo José Parisi, que mora em Teresópolis, uma das cidades mais afetadas pela tragédia, por conta de chuvas e desmoronamentos na região serrana do Estado do Rio de Janeiro.
Foi a primeira vez que ouvi alguém dizer algo contra a natureza e não a favor dela.

A frase é emblemática, pois retrata com fidelidade o que vem acontecendo nos últimos anos no Planeta Terra: estamos tentando nos defender da “mãe natureza”, que tem sido implacável com os seus filhos.

O geólogo Marcelo Motta afirma que “a prefeitura de Teresópolis já tinha um mapa de risco desde 2007, elaborado na gestão anterior a do atual prefeito, chamado “Plano Municipal de redução de Risco”. Mas, ao que parece a constatação do problema não saiu do papel.

Já o geógrafo Paulo Gusmão, afirmou que
“a tragédia era mais do que anunciada. Segundo ele, a combinação entre as condições climáticas, um solo impróprio despido da cobertura vegetal e o uso habitacional desordenado traz o resultado trágico, mas clássico. E a situação tende a piorar, se nada for feito, devido às mudanças climáticas”.

Um resultado clássico. Uma tragédia esperada. Uma catástrofe anunciada. E os “homens” do poder público, que são pagos pela população, para lhe servir, onde estão?
Enquanto a população não se conscientizar de que deve cobrar dos políticos, que ajudou a eleger, ações efetivas para resolver problemas como esse, de batalha em batalha, os filhos desta terra perderão a guerra, pois, agredida, a Natureza não se defende, mas se vinga.

Continue lendo >>

7 de janeiro de 2011

Quem tem padrinho rico não morre pagão


Alguém já ouviu falar nesse provérbio português?
Pois eu já ouvi várias vezes e em situações diversas. E ele nunca esteve tão em evidência como agora, depois que o Brasil inteiro tomou conhecimento da concessão de passaportes aos filhos e neto do ex-presidente brasileiro Luis Inácio.
Em países mais sérios, o fato já teria provocado uma grita geral, mesmo porque, segundo a lei, esse tipo de benefício somente pode ser outorgado a certas pessoas, em condições especiais, como foi amplamente noticiado nos meios de comunicação:

O decreto (5.978/2006) autoriza o benefício do passaporte diplomático a presidentes, vice-presidentes, ministros de Estado, ocupantes de cargos de natureza especial e titulares de Secretarias vinculadas à Presidência da República, parlamentares, chefes de missões diplomáticas, ministros dos tribunais superiores e ex-presidentes. Os cônjuges e os dependentes, inclusive os enteados, até 21 anos de idade ou, se estudante, até 24 anos, também estão autorizados a receber o documento. Para dependentes portadores de deficiência não existe limite de idade.
(Estadão)

Um dos filhos beneficiados tem 39 anos e o outro, 25 anos. Parece que, nesse caso, nenhum dos dois se enquadra no referido decreto.

Pois é, nunca as leis foram tão desrespeitadas no nosso país como nos últimos anos e nunca fomos tão coniventes com esse desrespeito.
É uma pena!

Continue lendo >>

5 de janeiro de 2011

Feriados em 2011


Agora que as festas de final de ano ficaram para trás e o ano já começou, nada mais providencial do que dar uma “espiadinha” nos feriados de 2011, principalmente àqueles que “cairão” em dias úteis, mesmo porque ninguém é de ferro

Feriados nacionais:

01/01 – sábado – Confraternização Universal;
08/03 - terça-feira - Carnaval;
21/04 – quinta-feira – Tiradentes;
22/04 - sexta-feira - Paixão de Cristo;

01/05 – domingo – Dia do Trabalhador;
23/06 - quinta-feira - Corpus Christi;

07/09 – quarta-feira – Independência do Brasil;
12/10 – quarta-feira – Nossa Senhora Aparecida;
02/11 – quarta-feira – Finados;
15/11 – terça-feira - Proclamação da República;25/12 – domingo – Natal.

Na cidade do Rio de Janeiro, temos ainda os seguintes feriados:

20/01 – quinta-feira - Dia de São Sebastião (padroeiro da cidade)
23/04 – sábado - Dia de São Jorge
20/01 – domingo - Dia da Consciência Negra

Continue lendo >>

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Selos

Os mais comentados

Widget UsuárioCompulsivo

Top Comentaristas

Widget UsuárioCompulsivo
Ocorreu um erro neste gadget

  ©PAPOeCIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo