22 de junho de 2014

O signo de gêmeos e as flores



A Jô do blog Jô Turquezza Mundial teve a ideia de criar uma blogagem coletiva, intitulada as flores e seu signo e convidou os seus leitores a colaborar com essa iniciativa.

Eu e ela nascemos no mesmo dia, 25 de maio. Somos geminianas, com muito orgulho. Portanto, farei um breve comentário sobre as flores preferidas do nosso signo, Gêmeos.

Considero o meu signo bastante especial e sempre ouvi dizer que as mulheres geminianas são iguais às borboletas, sempre pulando de flor em flor. Eu atribuo essa característica a nossa inesgotável curiosidade e o constante desejo de obter conhecimento e testar nossas capacidades.

Por tudo isso, as flores de nossa preferência devem ser especiais. Os astrólogos, em sua maioria, afirmam que as flores preferidas das geminianas são as rosas, as azaléas, as margaridas e as alfazemas ou lavanda.

De todas elas, em minha opinião, a mais charmosa é a alfazema, um arbusto de pequeno porte, com folhas verdes-prateadas, que se ramifica em longos espigões cilíndricos de flores, nas cores azul ou violeta.

Toda a planta é aromática e das suas flores extrai-se um óleo de aroma agradável, muito usado na perfumaria.

Esta planta prefere os ambientes ensolarados, mas protegidos do vento. 

É uma planta de fácil cultivo, pois resiste bem tanto ao frio quanto ao calor. Se for cultivada em vaso, não deve ser misturada com outra planta.

A alfazema é usada fundamentalmente para a composição de águas de colônia, perfumes e outros produtos de drogaria. O óleo essencial de alfazema é usado para dar cheiro a cremes e sabonetes.

Clique na imagem, para ampliá-la


Continue lendo >>

4 de abril de 2014

Calendário 2014 - Rio de Janeiro

Continue lendo >>

6 de janeiro de 2012

Um belo poema


O poema abaixo é um dos meus preferidos. A autoria é desconhecida, segundo especialistas no assunto, mas se procurarmos no Google veremos que ele é atribuído a William Shakespeare


Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e aprisionar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança.
E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes, não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança. E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo.
E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam...
E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-la de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.
Aprende que falar pode aliviar dores emocionais. Descobre que leva-se anos para construir confiança e apenas alguns segundos para Destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida.
Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias.
E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.
Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendermos que os amigos mudam, perceber que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa ou nada, mas terem bons momentos juntos.
Descobre que as pessoas com que você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa - por isso, sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pois pode ser a última vez que a vejamos.
Aprende que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos.
Começa a aprender que não se deve comparar os outros, mas com o menor que pode ser.
Descobre que leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.
Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve.
Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existe dois lados.
Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as consequências.
Aprende que paciência requer muita prática.
Descobre que algumas vezes, a pessoa que você espera que o chute quando você cai, é uma das poucas pessoas que o ajudam a levantar-se.
Aprende que maturidade tem nas a ver com os tipos de experiências que se teve e, o que você aprender com elas, do que com quantos aniversários você celebrou.
Aprende que há mais dos seus pais em você do que supunha.
Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas na vida são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.
Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel.
Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama com tudo que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem demonstrar ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo.
Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado.
Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte.
Aprende que o tempo não é algo que possa volta atrás.
Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.
E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não pode mais.
E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida.
"Nossas dádivas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar, se não fosse o medo de tentar".

Continue lendo >>

31 de dezembro de 2011

Feliz 2012

Continue lendo >>

30 de dezembro de 2011

Receita de Ano Novo


Para você ganhar belíssimo Ano Novo 
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, 
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido 
(mal vivido talvez ou sem sentido) 
para você ganhar um ano 
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, 
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; 
novo 
até no coração das coisas menos percebidas 
(a começar pelo seu interior) 
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, 
mas com ele se come, se passeia, 
se ama, se compreende, se trabalha, 
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita, 
não precisa expedir nem receber mensagens 
(planta recebe mensagens? 
passa telegramas?) 
  
Não precisa 
fazer lista de boas intenções 
para arquivá-las na gaveta. 
Não precisa chorar arrependido 
pelas besteiras consumidas 
nem parvamente acreditar 
que por decreto de esperança 
a partir de janeiro as coisas mudem 
e seja tudo claridade, recompensa, 
justiça entre os homens e as nações, 
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, 
direitos respeitados, começando 
pelo direito augusto de viver. 
  
Para ganhar um Ano Novo 
que mereça este nome, 
você, meu caro, tem de merecê-lo, 
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, 
mas tente, experimente, consciente. 
É dentro de você que o Ano Novo 
cochila e espera desde sempre.

Carlos Drummond de Andrade
Imagem:restauranteemsp.com.br

Continue lendo >>

31 de janeiro de 2011

O signo de gêmeos continua o mesmo

Eu sempre tive o maior orgulho de ser nascida a 25 de maio, sob o signo de Gêmeos, e quando li a notícia de que um grupo de astrônomos da Sociedade Planetária de Minnesota, nos Estados Unidos, descobriu que as datas dos signos do Zodíaco estão erradas, quase tive uma síncope. E não podia ser diferente. Depois de passar a minha vida inteira acreditando que os geminianos são pessoas intelectuais, versáteis, inteligentes, afáveis, sensíveis, graciosas, amáveis, estudiosas e possuidoras de tantas outras qualidades igualmente importantes, ter de aceitar essa mudança radical, me deixou bastante insatisfeita.
É óbvio que eu não aceitaria, de imediato, e sem nenhuma contestação, os resultados desse estudo e, pesquisando na Internet, descobri que os astrólogos discordam totalmente dos astrônomos:

“Este novo zodíaco que o astrônomo propõe não tem nada de novo. Ele é chamado pelos astrólogos de zodíaco sideral e se baseia nas constelações e na precessão dos equinócios. O zodíaco que usamos é o zodíaco trópico, e se baseia, astronomicamente falando, nos pontos em que a trajetória do Sol cruza a linha do equador ou, falando de outra forma, se baseia nas estações do ano, onde o início da Primavera no hemisfério norte (Outono no hemisfério sul) corresponde ao início de Áries. No sentido do zodíaco trópico essas mudanças não influenciam. Enquanto houver as quatro estações do ano, vai ser igual” (Amauri Magagna, vice-presidente do Sindicato dos Astrólogos do Estado de São Paulo).

Não entendi quase nada, mas fiquei tão satisfeita com as explicações do astrólogo, que não me incomodo de divulgar o “lado negro” de todo geminiano. Segundo a Astrologia, embora os nascidos sob o signo Gêmeos tenham o pensamento leve e fluído, se utilizado em excesso, origina pessoas dispersas, nervosas mentalmente e de comunicação vaga e descontrolada. Além disso, os geminianos podem ser indecisos, cambiantes e superficiais.
Pesando os prós e os contras do meu signo, ainda acho que o saldo é positivo. Assunto encerrado!

Para saber mais sobre o assunto, clique nos links:



Continue lendo >>

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Selos

Os mais comentados

Widget UsuárioCompulsivo

Top Comentaristas

Widget UsuárioCompulsivo
Ocorreu um erro neste gadget

  ©PAPOeCIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo