1 de junho de 2008

Minha homenagem à "il Belpaese"

Amanhã se comemora o Dia Nacional da República Italiana. É uma boa data para relembrar os principais motivos que fizeram com que os nossos antepassados italianos abandonassem a pátria-mãe: a fome e a miséria – conseqüências da Itália unificada.
O gesto heróico sempre foi motivo de orgulho para nós oriundi, pois apesar do trabalho árduo e das precárias condições de sobrevivência que aqui encontraram, nunca se deixaram abater. O Brasil deve muito a essa gente, que doou a sua alma à terra que a acolheu.
Quando criança ouvia os professores explicarem a respeito da melancolia que acometia os escravos negros, causada pela saudade da terra natal, e comparava com o sentimento de perda dos meus familiares. Os italianos, ao seu modo, também sentiam muita saudade da Itália. Chegava a doer na alma, ouvi-los cantar as músicas tradicionais italianas. Não eram cânticos de felicidade. Eram cânticos de nostalgia, sabedores de que nunca mais voltariam à terra natal.
Nos almoços de domingos, quando as famílias, sempre numerosas, se reuniam, os mais velhos contavam histórias sobre a Itália, sempre na companhia de uma bela massa e de um vinho delicioso. Era uma maneira terna de se manter a pátria o mais próximo possível de seus corações e cultivar, nos jovens, as tradições e o apreço pela terra que foram obrigados a abandonar. Acho que eles foram muito felizes nessa empreitada, pois não conheço nenhum oriundi que não se orgulhe de ter em suas veias o sangue do “il Belpaese”.
Quem é oriundi , como eu, pode obter informações sobre seus antepassados no site:

Seja o primeiro a comentar!

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Selos

Os mais comentados

Widget UsuárioCompulsivo

Top Comentaristas

Widget UsuárioCompulsivo
Ocorreu um erro neste gadget

  ©PAPOeCIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo