23 de agosto de 2009

Sacolas plásticas causam danos ambientais

Esta semana recebi um convite da Cybele Meyer, para participar da blogagem coletiva intitulada “Meu consumo é consciente” , cujo selo já está na sidebar do Papo&Cia.
O convite me fez lembrar o projeto aprovado pela Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro, em vigor desde o dia 16 de julho, que obriga todos os estabelecimentos comerciais, localizados no Estado, a deixar de usar sacolas plásticas descartáveis e substituí-las por bolsas feitas de material reutilizável. Os estabelecimentos comerciais, que fazem uso de sacos plásticos, terão de seis meses a três anos para realizar a substituição, a contar da entrada em vigor da lei. Todos, entretanto, terão o prazo de um ano para afixar, junto aos locais de embalagens de produtos e aos caixas de pagamento, placas informativas com os seguintes dizeres:

"Sacolas plásticas convencionais dispostas inadequadamente no meio ambiente levam mais de 100 anos para se decompor. Colaborem descartando-as, sempre que necessário, em locais apropriados à coleta seletiva. Traga de casa a sua própria sacola ou use sacolas reutilizáveis".

A lei se enquadra nos princípios da campanha do Ministério do Meio Ambiente “Saco é um Saco” – cujo principal objetivo é reduzir o consumo das sacolas plásticas no Brasil, que hoje chega aos 12 bilhões de unidades por ano.
Os sacos e sacolas plásticas são produzidos a partir do petróleo ou gás natural, dois tipos de recursos não-renováveis. Depois de extraído, o petróleo passa pelo refino, que emite gases de efeito estufa e efluentes. Daí, a importância do uso de sacolas reutilizáveis.


O Ministério do Meio Ambiente aposta no consumo consciente, para diminuir o impacto ambiental coletivo, isto é, o consumidor pode, por meio de suas escolhas, minimizar os impactos negativos dos seus atos de consumo às condições de vida no planeta e contribuir para a construção de um mundo melhor.
Outras informações sobre a campanha do Ministério do Meio Ambiente no link: campanha do Ministério do Meio Ambiente

7 Comentários:

disse...

Em minha cidade também tramita na câmara um projeto desses, mas infelizmente ainda não aprovado.
Perfeito seu texto, já faço uso dessas sacolas, além de não danificar o meio ambiente são práticas e seguras.
Também estou participando, parbéns pela adesão.
Rô!

Cybele Meyer disse...

Olá Sumy, tudo bem?

Obrigada pelo excelente post e por engrandecer a logagem.
Falar sobre o uso das sacolas plásticas é sempre bem-vinda para que se abandone de vez este hábito.
Hoje estarei tuitando todos os posts.
Obrigada novamente e seguimos em frente.
abs

by sumy disse...

Olá Rô!
Bem-vinda!
O engraçado é que as pessoas me olham como se eu fosse um ET, quando coloco as minhas compras nas sacolas recicláveis.

by sumy disse...

Oi Cybele!
É uma honra tê-la aqui no Papo&Cia.
Sempre que liderar blogagens como essa, pode contar comigo.
Bjs

Bala Salgada disse...

Bem lembrado, como moro muito tempo no Japão estou bem acostumada, quando voltei aí nem sentia o impulso de jogar lixo no chão, mas aí a gente vê que é pouco e esses tempos atrás fui numa lagoa paradisíaca, e que ódio não deu quando vi lixo nadando com peixes, patos e sapos. Fiz o que? Catei ué, afinal os animais são tudo. Mesmo assim acho muito errado jogar lixo fora ou não tentar reciclar.

by sumy disse...

Oi Balinha!
Aqui no Brasil a cultura da reciclagem ainda está engatinhando.
É uma pena.Bjs

Artur disse...

Mas tem empresas que acham que o plástico sendo usado ainda é pouco, então resolveram começar a usar cartões de visita de plástico.
É ou não uma tremenda sacanagem com o meio ambiente?
Eu se receber de alguem um cartão desses de plástico, devolvo na hora e se possível boicoto a empresa…
Carreira

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Selos

Os mais comentados

Widget UsuárioCompulsivo

Top Comentaristas

Widget UsuárioCompulsivo
Ocorreu um erro neste gadget

  ©PAPOeCIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo